Jogos importantes movimentam a semana 8 no Power Five

Jogos importantes movimentam a semana 8 no Power Five

Em direção à oitava semana do College Football, alguns confrontos secundários apresentam grande valor na corrida por College Football Playoff ou dentro das próprias conferências. Listamos alguns jogos abaixo.

Os horários dos jogos são todos de Brasília.

#24 Michigan State Spartans (4-2, 2-1 na Big Ten) vs. #6 Michigan Wolverines (6-1, 4-0 na Big Ten)

Por Amir Bliacheris

Horário: 13 horas
Local: Spartan Stadium, East Lansing, Michigan
Cotação: Michigan é favorita por 7 pontos

Com campanha 6-1, os Wolverines estão mais fortes na briga pelo título da Big Ten Leste após uma vitória maiúscula contra Wisconsin. Os Spartans estão em quarto lugar na divisão, com campanha 4-2. Será que os Spartans estragam a boa temporada Wolverine? Ou Michigan vai dar o troco do último jogo – uma vitória de MSU por 14-10 em pleno Michigan Stadium?

O confronto reúne fortes defesas dos dois lados. Michigan State tem 9 interceptações na temporada, contra 7 dos Wolverines. Porém, Michigan tem média de 2,86 sacks por partida e MSU tem média de 2,6 sacks. Fora isso, ocorrerá um jogo interessante nas trincheiras: MSU tem média de 62,3 jardas corridas cedidas por partida e os Wolverines correm para 217 jardas por jogo.

No ataque, os Wolverines atacam muito bem pelo ar também e conseguem uma média de 207 jardas pelo ar por jogo. Já os Spartans tem uma péssima defesa contra o passe, cedendo 286,3 jardas pelo ar por jogo e essa será uma parte interessante de se acompanhar na partida.

TCU Horned Frogs (3-3, 1-2 na Big 12) vs. #9 Oklahoma Sooners (5-1, 2-1 na Big 12)

Por Felipe Michalski

Horário: 13 horas
Local: Amon G. Carter Stadium, Fort Worth, Texas
Cotação: Oklahoma é favorita por 8 pontos

Era pra ser um jogo altamente decisivo dentro da Big 12 para as duas equipes, mas se tornou de morte súbita para apenas um. TCU e Oklahoma chegam ao confronto após virem de derrotas. Os Horned Frogs vêm de revés contra Texas Tech e não possuem mais chances de College Football Playoff (e uma chance quase infima de chegar à decisão da Big 12). Já Oklahoma folgou após a derrota para a rival Texas e demitiu o coordenador defensivo Mike Stoops após a partida. O time chega ao confronto precisando lidar com o peso de uma eventual derrota significar o fim do sonho por playoffs.

A maior dúvida para TCU é o quarterback Shawn Robinson. Com lesão no ombro, o atleta é dúvida para a partida. Sem ele, a situação da equipe complica para o confronto. A defesa segue sendo o setor forte dos Horned Frogs, mas o fraco desempenho contra Texas Tech deixou o sinal de alerta ligado.

Já Oklahoma precisa consertar urgentemente o que restou do seu problemático setor defensivo. A unidade cede uma média de 27,3 pontos por jogo – muito alta para uma equipe que sonha com College Football Playoff. Kyler Murray segue sendo o atleta-chave dos Sooners e é a grande esperança de muitos pontos para o time na partida.

Como é um jogo de Big 12, sempre é recomendado esperar muitos pontos na partida.

#15 Washington Huskies (5-2, 3-1 na Pac-12) vs. Colorado Buffaloes (5-1, 2-1 na Pac-12)

Por Felipe Michalski

Horário: 16h30
Local: Husky Stadium, Seattle, Washington
Cotação: Washington é favorita por 17,5 pontos

Jogo de gigantesca importância para Colorado. Se Washington deu adeus às chances de playoff na semana passada, os Buffaloes podem sofrer o mesmo destino neste sábado.

Tecnicamente, os Huskies possuem um time bem mais qualificado que Colorado, mas os matchups são um pouco complicados. Os Buffaloes possuem o melhor pass rush da Pac-12 e enfrentam um problemático Jake Browning dentro do pocket. Sob pressão, o quarterback de Washington costuma tomar péssimas decisões. Além disso, tirando Laviska Shenault, os Huskies lidam com desfalques no corpo de recebedores.

Por outro lado, o ataque de Colorado apresenta claras limitações. Steven Montez é um quarterback decente, mas talvez não tanto para conseguir lidar contra a poderosa defesa de Washington do outro lado. Se o setor ofensivo não funcionar, a derrota da equipe é praticamente garantida.

Washington deve vencer, mas não deve cobrir a linha.

#5 LSU Tigers (6-1, 3-1 na SEC) vs. #22 Mississippi State Bulldogs (4-2, 1-2 na SEC)

Por Felipe Michalski

Horário: 20 horas
Local: Tiger Stadium, Baton Rouge, Louisiana
Cotação: LSU é favorita por 6,5 pontos

Em outro jogo de peso dentro da SEC, LSU joga para se manter no topo da conferência junto com Alabama. Qualidade para isso o time possui: o ataque é relativamente bom e a defesa é fortíssima. Os Tigers não derrubaram a invencibilidade de Georgia por acaso numa vitória incontestável.

Mississippi State, por sua vez, não é Georgia. É pior. O time é altamente dependente do quarterback Nick Fitzgerald, que lança, corre e só não recebe passes porque é preciso de algum atleta para lançar pra ele. Ele é um destaque, o restante do time não. Contra a forte defesa de LSU, tende a ser facilmente anulado se o restante da equipe não aparecer.

Já os Tigers devem se impor ofensivamente através do seu bom jogo terrestre. Nick Brossette lidera a unidade ofensiva pelo chão e deve se sobressair novamente, com Joe Burrow balanceando o ataque através do jogo aéreo. A linha ofensiva é qualificada e deve puxar o ataque para o ganho de jardas necessário para mover as correntes.

Foto: Ron Chenoy/USA Today Sports

Attachment

felipe-michalski

Estudante de jornalismo da Universidade Federal de Santa Maria e criador do College Football Brasil. O College Football é uma loucura, então não tenha problemas cardíacos. Go Vols!